sexta-feira, 8 de junho de 2012

Palpites: Grupo B - Rodada 1

Cristiano Ronaldo ¹
Amanhã, o grupo da morte ocorrerá o jogo mais aguardado da primeira rodada entre todos os grupos: Alemanha x Portugal. O jovem time alemão tenta melhorar o resultado alcançado na Copa na África do Sul em que chegou ao terceiro lugar. Além de figurinhas carimbadas como Podolski, Müller e Klose, conta com as jovens estrelas Mario Götze do Borussia Dortmund, Marco Reus que levou o Mönchengladbach à Champions após 35 anos, e foi contratado pelo Borussia Dortmund e André Schürrle do Bayer Leverkusen. Já o time português vai apostar na estrela Cristiano Ronaldo e no talento de Nani. O resto do time é bom, mas não é de se confiar. 
Mario Götze ²


Portugal vem de três partidas ruins. Dois empates em 0 a 0 contra a anfitriã Polônia fora de casa, e contra a fraca Macedônia em casa; e de uma derrota feia em casa contra a Turquia, na última semana. A Alemanha também não teve bons resultados durante sua preparação para a competição. Perdeu em casa para a França por 2 a 1; perdeu fora de casa, de maneira arrasadora, para a Suíça por 5 a 3; e venceu seu último confronto contra Israel por 2 a 1, na última semana. 

Christian Eriksen ³
O outro confronto da chave é entre seleções que também participaram da última Copa do Mundo. A Holanda, vice-campeã, tenta o bi da Euro apostando na mesma tática que utilizou no Mundial: Sneijder, que teve uma temporada ruim junto com a Inter de Milão e não repetiu o futebol de 2009/10; Robben, amargou a culpa da derrota da Champions League contra o Chelsea, em que desperdiçou um pênalti que daria a vitória ao Bayern, e depois, não cobrou nenhum na decisão de pênaltis;Van Persie, que fez excelente temporada pelo Arsenal, sagrando-se artilheiro da Premier League e melhor jogador do campeonato; e Kuyt, que após temporadas medianas com o Liverpool se transferiu para um mercado menor, indo para o Fenerbahçe da Turquia.
Robin Van Persie ¹
A Dinamarca aposta em jogadores de menor expressão como Christian Eriksen do Ajax, e Nicklas Bendtner, do Arsenal. O primeiro chamou a atenção de gigantes como o Manchester United na temporada passada, e o outro apesar de grande e desengonçado faz bastantes gols, como o solitário contra o Brasil, há duas semanas.

Das quatro equipes do grupo da morte, a Holanda é a que demonstrou estar melhor preparada. Começou perdendo para a Bulgária por 2 a 1, porém, em seguida venceu a Eslováquia por 2 a 0 e bateu a Irlanda do Norte por 6 a 0, todos os jogos em casa. Já a Dinamarca enfrentou a Rússia, em casa, e perdeu por 2 a 0; depois enfrentou o Brasil na Alemanha, e perdeu por 3 a 1; e venceu a Austrália por 2 a 0, fazendo a sua parte jogando frente a sua torcida, na semana passada.

Palpite: Alemanha 3 x 1 Portugal
Holanda 1 x 1 Dinamarca

Crédito fotos: Lancenet ¹, dfb.de ², bleacherreport.com ³

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...