quinta-feira, 13 de março de 2014

Homossexualidade no futebol brasileiro: um tabu gigante

Uma das principais mudanças na sociedade dos últimos tempos é a liberação de alguns costumes e práticas e a aceitação de outras tantas. Seja legalizar a maconha ou cogitar a legalização do aborto até a aceitação por leis do casamento homossexual. A sociedade em que vivemos atualmente tende a aceitar mudanças de traços mais drásticos com mais facilidade que a sociedade em que nossos pais ou avós viviam.

Porém, apesar dessa grande revolução, a sociedade ainda sofre muito com o preconceito. Casos de racismo, xenofobia e discriminação por conta da desigualdade social são comuns nas capas de jornais. E dentre estas situações, os homossexuais também sofrem. Lemos notícias que retratam jovens gays ou lésbicas que são agredidos sem mais nem menos em plena rua, à luz do dia. Simplesmente por serem contrários a ‘natureza do ser’.

Se trouxermos estes assuntos sociais para o esporte, vamos nos deparar com muitos casos dos mesmos preconceitos. Mas, mesmo havendo esta discriminação, as pessoas, no geral, continuam enfrentando os tabus e lutando por seus direitos de serem como elas são. Atletas do vôlei, do basquete, do futebol americano vêm se assumindo homossexuais a cada mês, a cada semana, até mesmo no futebol. Mas, e o no futebol brasileiro?

Este esporte tão adorado pelo brasileiro também é repleto de preconceitos. Negros sofrem de racismo em campo, nordestinos são alvo de chacota pela torcida. Mas, e os gays? Este tabu imenso não consegue ser quebrado, nem dado o primeiro passo.

Richarlyson em sua coletiva de despedida do São Paulo.
(Foto: Luiz Pires/VipComm)

Dois casos chamam muito a atenção: do volante e lateral-esquerdo do Atlético-MG Richarlyson e do atacante do Corinthians Emerson Sheik. Ricky, como foi apelidado pelos companheiros, na época em que atuava no São Paulo, por seu nome ser muito longo, era crucificado pela torcida de seu próprio time. Por conta de seu estilo de roupa extravagante, seus penteados ousados, o jeito de correr e, até mesmo, sua voz mais fina fizeram os torcedores rivais  pegarem no pé de Richarlyson. Muitas histórias rondam os muros do clube do Morumbi colocando em jogo a opção sexual do atleta, mas nunca nada foi comentado pelo próprio jogador. Uma vez, um dirigente do Palmeiras, um dos principais rivais do São Paulo, deu a entender que Ricky seria gay. O volante o processou e venceu a disputa judicial.

Emerson Sheik teve uma atitude diferente. O camisa 11 do Timão usou as redes sociais para postar uma foto dele beijando um amigo, mesmo que sendo apenas um ‘selinho’. Não bastaram explicações e negações por parte do atleta. Os torcedores do time da capital paulista se revoltaram contra um ‘veado’ em seu time. Lembrando, que Sheik foi quem deu o título da Libertadores ao Corinthians, após marcar dois gols na final contra o Boca Juniors da Argentina. Será que o torcedor brasileiro tem memória fraca ou é preconceituoso? Ou será os dois juntos?

Emerson Sheik e o selinho polêmico.
(Foto: Reprodução/Instagram)
O Corinthians apareceu em 2013 nos noticiários em mais uma polêmica. Nada referente ao clube em si, mas à sua torcida. Conhecido pela fidelidade, a torcida corintiana ‘Gaviões’ é considerada a maior do Brasil. Mas, eles parecem não estar dispostos a ver a torcida do Alvinegro crescer. A proposta de fundação da primeira torcida organizada gay do Brasil, a ‘Gaivotas da Fiel’, fez os membros da ‘Fiel’ mais famosa se exaltar e jurar que se os torcedores da ‘Gaivotas’ tentassem assistir a um jogo do Timão no estádio iriam apanhar. Os próprios meios de comunicação, além, lógico, das torcidas rivais barato e afirmou.
- No fim das contas, existe coisa mais gay que um estádio? São 60 mil homens suando, se abraçando, olhando outros 22 de shortinhos correndo. Isso é uma manifestação homossexual.

Pesquisas apontam que 74% do público que assiste a futebol no Brasil é homem. A única explicação pra tamanho tabu e silêncio é que os jogadores devam acreditar que a sua opção sexual influencie em sua imagem, fazendo com que clubes não o queiram em seus elencos. Seria uma perda de espaço em seu meio de atuação. Mas, nós não estamos em uma sociedade renovada, livre e que cada um pode escolher e deve ser respeitado por suas escolhas?


Parece que nem todas elas.

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Copa das Confederações e a prova de que o futebol brasileiro é o melhor de todos

Não vou falar simplesmente que os 3 a 0 do Brasil sobre a Espanha no Maraca confirmam tudo o que foi dito no título. Até porque futebol não é tão simples como parece, e eu não sou tão ruim de argumentação.

Paulinho: o volante que marca bem, passa bem, chuta bem e faz gols sempre; jogava no Corinthians até antes da 'CC 13' (Foto: Ricardo Matsukawa/Terra)
Assisti a partida em Campos do Jordão, aproveitando minha folga com meus familiares e minha namorada. Nenhum destes entendem tanto de futebol assim. Então tive que tentar explicar o porque dos resultados ruins na 'Era Mano' e o show dado na Copa das Confederações (CC). Simples: quando uma seleção qualquer enfrenta a Seleção Brasileira em um amistoso não quer tomar pau, por conta disso geralmente joga mais fechada, estilo que dificulta o jogo brasileiro que é mais de velocidade e contra-ataques. Logo, tantos empates em 0 a 0 e vitórias magras. Agora, em competição é diferente. Todos querem ganhar e precisam do resultado. Com isso, precisam sair mais para o jogo, se abrem tentando fazer suas jogadas e, assim, dão espaço para o adversário atacar. O Brasil se deu muito bem na CC por isso e a Espanha não soube lidar com o estilo de jogo do time de Luiz Felipe Scolari.

Felipão se deu melhor ainda. Parece que ele é um deus, que resolveria qualquer time ou seleção do mundo. Ele é bom, não há como se negar. O Palmeiras, campeão da Copa do Brasil do ano passado com aquele time de Betinho, Marcos Assunção e Maurício Ramos, é a prova disso. Mas, na Seleção é mais fácil. Uma penca de feras querendo mostrar que o Brasil só era vigésimo segundo no ranking FIFA por que amistosos não valem nada. Deu certo. O grupo abraçou a ideia de marcar sempre, incluindo os atacantes. O alto índice de desarmes do Brasil, e a tranquilidade ao sair jogando deram mais posse para o Brasil no final da partida. Mais uma vitória sobre a Espanha, que costuma ter entre 60% e 70% de posse de bola por jogo.

Agora, uma conclusão a ser tirada: o Brasil nunca deixará de ser Brasil!

Quê?
Isso mesmo.

A fonte de craques do Brasil jamais se esgotará. Ao olharmos o elenco brasileiro na CC, dos 23 jogadores que defenderam a amarelinha, 10 jogavam no Brasil até o princípio da CC (Paulinho e Fernando foram negociados durante o campeonato). Até o ano passado, Lucas e Oscar também atuavam nas terras que Pedro Álvares Cabral descobriu em 1500, o que mostra que a força do futebol brasileiro não está simplesmente na Europa e seus milhões e ratifica a força do Campeonato Brasileiro ultimamente.
Falando em Paulinho, esse cara jogava há três anos no Bragantino, e antes disso quase desistiu de jogar futebol após passagens por Polônia e Lituânia. Quantos Paulinhos não conseguem ser descobertos por Corinthians ou Flamengos pelo Brasil afora?
Pode ser uma viagem pensar nisso, mas não deixa de ser verdade.


Depois do baile que a espanholada tomou ontem, eu acredito que o povo brasileiro pode acreditar no título em casa após 64 anos do Maracanazzo em 1950. Se a 'Seleça' aliar a entrega em campo, a determinação na marcação, confiar nos seus craques individualmente e contar com a força e energia da torcida brasileira, demonstrada em todos os jogos até mesmo na execução do Hino Nacional (veja no vídeo acima), teremos dos momentos mais inesquecíveis, para quem gosta e quem não gosta tanto de futebol, daqui há um ano no mesmo Maracanã lotado.

Não vejo a hora que a Copa de 2014 comece.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Euro 2012: Rodada final da primeira fase

As quartas de final foram decididas: Portugal x República Tcheca; Grécia x Alemanha; França x Espanha; Itália x Inglaterra.

Os jogos finais mostraram no Grupo A uma situação muito diferente. A praticamente classificada Rússia ao perder para a Grécia foi eliminada. Enquanto a República Tcheca venceu os anfitriões Polônia e se classificaram em primeiro no grupo.

No grupo B a Alemanha acabou com o calvário holandês vencendo seu terceiro jogo, enquanto a equipe laranja acabou o torneio sem marcar pontos (o que foi vergonhoso!). Os portugueses levaram um susto grande, mas venceram a Dinamarca e se classificaram em segundo no grupo.

Já no grupo C, a Espanha venceu por um placar simples a surpresa croata e se garantiu em primeiro no grupo. Com este resultado, a Itália precisava ganhar por dois gols da Irlanda. E o fez, classificando-se em segundo no grupo.

Por fim, no grupo D a Inglaterra venceu a Ucrânia com um gol solitário de Rooney, eliminando assim os outros anfitriões, enquanto a França perdeu para a eliminada Suécia, e acabou a primeira fase em segundo.

De estranho, na minha opinião, apenas os resultados do grupo A. Achei que a Rússia conseguiria levar facilmente a vaga, o que nos leva a questionar a força grega, que em 2004 foi campeã da Euro jogando de forma semelhante a atualmente apresentada. A República Tcheca ao vencer os poloneses veio mais forte pra segunda fase também.

Nas outras chaves, tudo sob controle. 

Fiquemos na espectativa dos próximos jogos, que prometem serem grandes partidas, principalmente França x Espanha e Itália x Inglaterra.

Palpites:

Rep. Tcheca x Portugal (Já ocorreu);
Grécia 0x2 Alemanha;
Espanha 1x0 França;
Itália 1x2 Inglaterra.

sábado, 16 de junho de 2012

Qual o time do coração dos presidentes do Brasil?


João Figueiredo e seu amor pelo Grêmio (zerohora.com.br)
Meu amigo Nicolas Iory me sugeriu uma pauta nesta semana. Ele ficou se perguntando, juntamente com o professor Ricardo Fotios se o Corinthians perderia,em torcida, para algum outro time, em qualquer que seja a comparação. Toda esta indagação veio após notícias vinculadas na imprensa nacional, esta semana, que afirmavam que a maioria dos participantes da Parada Gay , que ocorreu no último domingo na avenida Paulista, eram torcedores do Corinthians – pesquisas estas com ideais completamente machistas.

Tancredo e o América
(nopedaconversa.com.br)
Bem, e a resposta é: sim, o Corinthians não tem a maioria da torcida dos presidentes que já dirigiram o nosso país. E o grande vencedor é o Grêmio! O tricolor gaúcho conquistou o coração de quatro presidentes ao todo. O único problema que a torcida gremista pode achar é que hoje somos governados por uma colorada. Há fontes de que o Vasco também teria tido quatro presidentes torcendo por suas cores, se incluir-se JK. Porém, o Grêmio é certo.

Segue abaixo a relação dos presidentes e seus respectivos clubes – vocês perceberão que nem todos os presidentes foram listados – faltaram Castello Branco e Costa e Silva, por falta de fontes, e que alguns torcem para dois clubes também (isso se chama política... HAHA):

Time
Presidentes
Comentários
Grêmio



4
Getúlio Vargas, João Goulart, Emílio Médici e João Figueiredo.
Dos presidentes gremistas, três deles eram gaúchos - sendo dois naturais de São Borja (Getúlio e Jango) e Médici de Bagé - e um natural da capital carioca (Figueiredo).
Vasco
3 ou 4
Getúlio Vargas, Juscelino Kubitschek, João Goulart e Lula.
O Vasco é o segundo time de todos os presidentes ao lado. Em uma das fontes, JK não consta como torcedor vascaíno.
Corinthians
3
Jânio Quadros, Fernando Henrique Cardoso e Lula.
Nenhum dos três é paulista. Um é pernambucano (Lula), FHC é carioca – mas foi criado em São Paulo - e Jânio Quadros nasceu no Mato Grosso do Sul.
Flamengo
2
Eurico Gaspar Dutra e Emílio Médici.
Dutra nasceu no Mato Grosso  mas teve boa parte de sua vida, incluindo sua morte, no Rio de Janeiro.
Fluminense
2
João Figueiredo e Fernando Henrique Cardoso.
Ambos os presidentes eram cariocas, apesar de FHC ter feito carreira em São Paulo.
Atlético-MG
1 ou 2
Juscelino Kubitschek e Dilma Rousseff.
Existem fontes que dizem que JK poderia ter sido torcedor do Galo, e Dilma tem como segundo time o Atlético.
Alecrim-RN
1
Café Filho.
Foi, inclusive, goleiro do clube que se localiza na capital potiguar.
América-MG
1
Tancredo Neves.
Foi eleito, mas não chegou a assumir o cargo por ter falecido antes de sua posse. Era mineiro mesmo.
Botafogo
1
Ernesto Geisel.
Apesar de ter nascido em Bento Gonçalves no Rio Grande do Sul, torceu para um clube da cidade onde faleceu.
Cruzeiro
1
Juscelino Kubitschek.
Essa informação é confirmada. As duas fontes confirmam que o mineiro de Diamantina era cruzeirense.
CSA-AL
1
Fernando Collor.
Além de torcedor, foi presidente do clube Centro Sportivo Alagoano.
Internacional
1
Dilma Rousseff.
A primeira presidente mulher é colorada. Ela é natural de Belo Horizonte.
Sampaio Corrêa
1
José Sarney.
Ele que é natural da cidade de Pinheiro, no próprio Maranhão, é torcedor do Sampaio desde antes de ter bigode (Isso existiu? Achei que ele tinha nascido de bigode! HAHA).
Sport de Juiz de Fora
1
Itamar Franco.
Torcedor do desconhecido Sport, ele nasceu na capital baiana, mas teve carreira política nas Minas Gerais. 
 
Curiosidades relacionando os presidentes com o futebol:

1 - Collor foi presidente do CSA em 1982 e contratou Luiz Felipe Scolari para comandar a equipe. Deu certo. No primeiro trabalho de Felipão como treinador, o clube conquistou o campeonato alagoano.

2 - João Goulart, conhecido carinhosamente como Jango, jogou como lateral-direito no time infantil do Inter, apesar de torcer pelo Grêmio. E foi campeão estadual na base.

3 - Getúlio Vargas promulgou a Consolidação das Leis do Trabalho com discurso diante de mais de 40 mil pessoas no estádio do Vasco.


Foto da bola do Brasil: vithais.com.br

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Análise: Euro 2012 - Grupo D

Hoje, ocorreram os jogos Ucrânia 0x2 França e Suécia 2x3 Inglaterra.

A partida entre Ucrânia e França teve uma parada de aproximadamente 50 minutos, ainda no começo do jogo, por conta da forte chuva que caiu no estádio Donbass Arena, em Donetsk. 

Benzema e Menez foram os personagens responsáveis pelo primeiro gol francês

Sheva não conseguiu repertir seu primeiro jogo (yahoo.com)
A partida foi decidida em quatro minutos. O primeiro tempo foi um tanto sem graça. E no segundo, a França já começou resolvendo a partida. Aos seis, Ménez abriu o placar, ao fazer um belo gol em que ele recebe a bola de Benzema no bico direito da área, dribla o zagueiro e de esquerda chuta rasteiro, à esquerda do goleiro Pyatov. Aos dez, o bom jogador Cabaye aumentou o placar, após receber passe de Benzema que achou um buraco na zaga. E o jogo foi isso. 

As duas seleções só precisam de suas forças para passar à próxima fase da competição.

Welbeck faz seu estranho gol de letra (rte.ie)
Ibra é o primeiro grande jogador
a ser eliminado na Euro (yahoo.com)
O outro jogo, que envolvia suecos e ingleses foi cheio de emoções. A Inglaterra terminou o primeiro tempo à frente, após um golaço de cabeça de Carroll (!!), após cruzamento longo e belo de Gerrard. O segundo tempo foi cheio de emoções. Logo no começo, Glen Johnson botou a bola pra dentro, só que contra. Dez minutos depois, Mellberg subiu sozinho, após cobrança de falta de Larsson. O técnico Roy Hodgson roía suas unhas, parecia não acreditar na derrota. Mas eles fez duas alterações que mudaram a história do jogo: Walcott e Welbeck. A dupla "WW" garantiu a vitória, primeiro com Walcott ao chutar de fora da área, uma sobra, e marcar um bonito gol. E Welbeck garantiu o triunfo meio sem querer, de letra. 

E foi isso, um excelente resultado para os ingleses, que só dependem de si próprios para avençarem à próxima fase. Os suecos foram eliminados.

Acredito que quem se classificará será a França e a Inglaterra. Ambas vencerão seus jogos.

Palpites: França 2x0 Suécia
Inglaterra 1x0 Ucrânia

Mundo afora: Gattuso assina pelo Sion

O volante italiano Gennaro Gattuso assinou hoje pelo Sion da Suíça. O jogador havia deixado a equipe italiana do Milan ao final do seu contrato, após 13 anos, assim que a temporada européia acabou. 

Gattuso ao assinar com o clube suíço (dailymail.co.uk)
O atleta que vinha sido disputado por alguns clubes como Glasgow Rangers, que faliu no começo da semana, e até o Boca Juniors, preferiu fechar com um clube que ficasse a aproximadamente 250 km de distância de Milão, cidade onde atuava. 

Em ação pela Azzurra (skysports.com)
O contrato é válido por três temporadas. Gennaro já havia defendido Perugia, Salernitana, Glasgow Rangers e Milan ao longo da sua carreira. Ele será companheiro dos brasileiros desconhecidos Danilo e Rodrigo, e do mais famoso Adaílton, ex-Vitória e Santos.

Minha opinião: Gattuso aceitou o contrato para ficar perto da sua rotina antiga. Jogar na liga suíça é tão fácil quanto jogar na liga do Chipre ou da Macedônia. Vai para lá  para ganhar um dinheirinho bom, ter uma vida tranquila morando na Suíça e privilégios de craque (que ele não é!).

O vídeo abaixo mostra toda a "habilidade" do volante italiano:

Sorte ao briguento!

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Análise: Euro 2012 - Grupo C

Hoje, dois jogos movimentaram a Eurocopa: Croácia 1x1 Itália e Espanha 4x0 Irlanda.

Pirlo comemora seu gol, que não conseguiu dar a primeira vitória à Itália. (terra.com.br) 
Mario Mandzukic resolveu as coisas
 para os croatas (globalmaritimes.com)
O primeiro jogo foi sem muitas emoções. Balotelli começou buscando jogo e arriscou dois chutes que assustaram os croatas. Quem mexeu no placar foi Andrea Pirlo. Ele cobrou com perfeição uma falta no bico esquerdo da área, efetuando um disparo difícil. No segundo tempo, a Croácia contou com o faro de gol de Mario Mandzukic. Foi o seu terceiro gol na competição, igualando-se a Dzagoev e Mario Gomez na artilharia da competição. E foi isso. Ótimo resultado para a Croácia e resultado preocupante para a Itália.

Na outra partida, passeio espanhol. A Irlanda mostrou que não tinha força no primeiro confronto, contra a Croácia. Imaginem contra o atual campeão mundial? Resultado: 4x0. Destaque para Fernando Torres que fez dois gols, e vem demonstrando melhoras no seu momento de vacas magras e gols escassos. Acho cedo dizer que ele está voltando. Mas jogou bem, e em seu primeiro gol me relembrou os tempos áureos de Liverpool. Será que ele fará novamente o gol do título da Euro? São cenas que o futebol pode nos proporcionar. Aguardemos.

Fernando Torres quer ouvir a torcida; a imprensa fala bem de 'El Niño' após a partida. (eurosport.com)
O grupo já está praticamente decidido, na minha opinião. A primeira vaga pertence aos espanhóis, pois acredito em uma vitória sobre a Croácia na próxima rodada; e a segunda acho que ficará nas mãos dos italianos. Só depende de uma vitória gorda para cima dos irlandeses.

Palpites: Itália 3x0 Irlanda
Croácia 0x2 Espanha

Análise: Santos 0x1 Corinthians

O jogo mais aguardado dos últimos tempos, principalmente por corinthianos, aconteceu ontem na Vila Belmiro. O primeiro jogo das semifinais da Libertadores foi cheio de casos e causos. Tudo começou na noite anterior à do jogo, em que torcedores santistas soltaram fogos de artifício na rua onde os jogadores corinthianos estavam hospedados - prática comum em jogos com grande rivalidade - e se arrastou até a hora da partida. Além do apagão suspeito faltando dez minutos para acabar o jogo, até capacete de policial foi atirado na direção do goleiro Cássio - seria cômico se não fosse trágico.

Sheik marcou um golaço que deu grande vantagem ao Timão (lancenet.com.br)
O jogo foi médio. O Corinthians se resumiu ao gol golaço! Aliás, o goleiro Cássio pegou MUITO também! Parece pouco, mas jogou como time com uns dois títulos de Libertadores. Mandou no Santos. E na Vila! É mesmo uma tarefa para poucos times.

Ganso ficou devendo (uol.com.br)
O Santos que pareceu jogar sem Ganso, por que não foi ousado o suficiente para criar jogadas de gols, que é a sua característica. Neymar foi muito marcado, e não jogou nada também. O Santos jogou o segundo tempo na base do chuveirinho - bola alçada à área para que alguém tente o cabeceio a gol. Parecia o São Paulo de Muricy, tricampeão brasileiro em 2006, 2007 e 2008. O Santos não soube utilizar a cabeça para tentar jogadas surpreendentes; até mesmo parecia que estava satisfeito com a derrota por apenas um gol.

O Corinthians perdeu Sheik expulso.O Santos perdeu toda a imponência que circundava o nome do clube, ainda mais pelo futebol apresentado.

No jogo de volta tudo pode acontecer. Antes eu acreditava que o Santos passaria a final. Hoje, estou mais para o lado do Corinthians. Certo é que o Santos tem força para ganhar do Corinthians no Pacaembu, como o Timão tem chances mais do que nunca de chegar a final pela primeira vez.
Neymar não conseguiu se apresentar em alto nível; segundo o atleta, a culpa é do cansaço. (uol.com.br)

Recado: Corinthianos e santistas, só não se esqueçam que depois tem a final, hein?! Vocês estão levando tão a sério este jogo, que parece que quem vencer já é o campeão.

Palpite: Corinthians 0x1 Santos - Nos pênaltis: Santos vence. (Olha lá, hein?!)


Análise: Euro 2012 - Grupos A e B

GRUPO A

Na terça-feira, dois jogos do grupo A ocorreram: Grécia 1x2 República Tcheca e Polônia 1x1 Rússia.

Petr Jiracek chuta para marcar o terceiro gol mais rápido da história
da Euro; gol marcado aos dois minutos e 14 segundos. (zimbio.com)
O primeiro jogo foi o confronto entre as seleções teóricas mais frágeis do grupo. A República Tcheca conseguiu fazer dois gols rapidamente, aos 2 e aos 5 do primeiro tempo. A Grécia chegou a fazer seu gol, e pressionou bastante a República Tcheca no segundo tempo. Mas ficou assim.

No outro jogo, a Rússia contou com a estrela de Dzagoev. O jovem abriu o placar, e deu a esperança da classificação antecipada aos russos. Porém, com o golaço de Blaszczykowski os anfitriões ainda tem a chance de classificação.

Kuba comemora o gol de empate da Polônia. (sportige.com)
Para a última rodada, a Rússia só precisa empatar com a Grécia para se classificar, enquanto República Tcheca e Polônia duelam e necessitam vencer para se garantirem. Há a possibilidade da República Tcheca se classificar com o empate. A Grécia precisa vencer por três gols de diferença os russos.

Pra mim, uma das vagas já é da Rússia. A outra fica entre tchecos e poloneses. Acredito que o fator casa ajudará o time branco e vermelho.

Palpites: Rússia 3x1 Grécia

República Tcheca 0x1 Polônia


GRUPO B

Ontem, duas partidas abalaram o grupo da morte: Dinamarca 2x3 Portugal e Holanda 1x2 Alemanha.

Festa portuguesa na comemoração do gol da vitória (scotsman.com)


Cristiano Ronaldo decepcionou e quase
 compremeteu o resultado (band.com.br)
No primeiro confronto do dia, Portugal começou com tudo. Abriu 2 a 0, e pareceu encaminhar os três pontos. Porém, não contou com os gols do grandalhão Bendtner, que empatou o jogo com dois gols de cabeça. E mesmo com um gol muito perdido por Cristiano Ronaldo, Varela entrou no jogo e deu a vitória nos minutos finais aos portugueses.

O outro jogo era o mais esperado da primeira fase. Frente a frente, segundos e terceiros colocados na Copa do Mundo de 2010. Mas o jogo foi simples. A Alemanha abriu 2 a 0 com dois bonitos gols de Mario Gomez, após passes de Schweinsteiger. A Holanda só diminuiu no segundo tempo com Van Persie. E ficou assim. A Alemanha praticamente se classificou, enquanto a Holanda está quase eliminada.

Super Mario balança as redes de Stekelenburg. (jornaleirosdoesporte.com)
Pra mim, uma vaga já é da Alemanha. A outra ficará com Portugal, apesar de acreditar que eles perderão da Holanda.

Palpites: Dinamarca 0x2 Alemanha
Portugal 1x2 Holanda

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Análise: Euro 2012 - Grupos C e D

Ontem tivemos Itália x Espanha e Irlanda x Croácia. Hoje tivemos Inglaterra x França e Ucrânia x Suécia.

Itália e Espanha duelam pela bola (lancenet.com.br)
Dos jogos de ontem, destaque para a raçuda Itália, que contrariou o meu palpite (4 a 0 para a Espanha) ao mostrar um futebol pra frente, sob a batuta do maestro Andrea Pirlo. A Espanha mostrou-se bem abaixo do nível apresentado na Euro 2008 e Copa do Mundo de 2010, que foi campeã em ambas.

Mario Mandzukic foi o dono do jogo e garantiu a vitória croata (odia.ig.com.br)
Irlanda e Croácia mostraram o jogo esperado. A Irlanda é um time frágil, com jogadores veteranos e jovens que atuam, na maioria dos casos, na segunda divisão inglesa ou em times de menor expressão da Premier League. O atacante Mandzukic fez dois gols e foi o destaque da Croácia. Bom começo para a seleção quadriculada.

França e Inglaterra foi um jogo pegado e chato (portalternurafm.com.br)
Nos jogos de hoje, Inglaterra e França fizeram um jogo chato e sem muita emoção. A França quase não chutou pro gol, enquanto a Inglaterra, por conta dos seus desfalques, parecia um time atrapalhado, principalmente ao defender. O empate ficou de bom tamanho para a Inglaterra, há algum tempo já não tem time para brigar por títulos.

Shevchenko comemora o primeiro gol com Yarmolenko (terra.com.br)
A Ucrânia fez história. Ou melhor, Shevchenko botou mais uma vez seu nome na história do futebol ucraniano. Ele deu a vitória à estreante Ucrânia. Com a vitória de virada, a Ucrânia lidera o grupo! Ibrahimovic tentou, marcou o gol sueco, mas não impediu a reação amarela. Foi bonita a comemoração após o apito final. Parecia que a Ucrânia estava vencendo a Euro. 

Abaixo, os gols do emocionante jogo entre Ucrânia e Suécia:

São alguns dos momentos que o futebol nos proporciona!

domingo, 10 de junho de 2012

Taiti na Copa das Confederações 2013

E saiu o vencedor da Copa das Nações da Oceania. É o Taiti, que venceu a Nova Caledônia por 1 a 0, em Honiara nas Ilhas Salomão.

A seleção taitiana faz a festa nas Ilhas Salomão (fifa.com)
O gol da vitória foi feito por Steevy Chong Hue aos 11 do primeiro tempo.

É a primeira vez que um país das ilhas do Pacífico vencem a competição.

O que esperar da participação do Taiti na Copa das Confederações no Brasil, ano que vem? Nada. Só vai levar goleadas. Mas é um momento histórico e bonito.

Clique no link e veja os melhores momentos da final histórica. Emocionante! http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=61laxNc_frw#!


Opinião: Grupo C - Euro 2012

Hoje, ocorre a estréia das quatro seleções do grupo C da Euro 2012. Espanha e Itália duelam em Gdansk, enquanto a Irlanda enfrenta a Croácia em Poznan.

Mario Balotelli ¹
Xavi Hernández ²
      
O primeiro confronto traz os últimos campeões da Copa do Mundo. A Espanha vem ao jogo com desfalques importantes como David Villa e Puyol, mas não se comparam aos problemas extra-campo que a Itália vem sofrendo. Um escândalo que envolveu resultados e apostas do Campeonato Italiano de algumas temporadas passadas, assolou a equipe italiana. Atletas como Criscito foram excluídos da lista, enquanto Bonucci mesmo acusado de participação, continuou no grupo. A equipe confia que Balotelli jogará tudo o que ele diz que sabe, e espera que Cassano, após um AVC, volte com tudo.

No outro confronto, a Irlanda volta a participar de uma competição importante após 10 anos - a última foi a Copa do Mundo de 2002. Eles confiam no potencial do ídolo Robbie Keane, que já não é mais o mesmo dos tempos de Tottenham, e atualmente joga em uma liga fraca, a MLS pelo Los Angeles Galaxy. No geral, os bons atletas irlandeses já estão "gastos", não são jovens cheios de vigor, como Given, Dunne, O'Shea e Duff. O jogador que pode surpreender é o meia canhoto Aiden McGeady, que atua no Spartak Moscou.

Luka Modric ³
Robbie Keane ³

A Croácia tem mais favoritismo por contar com uma base forte. Alguns jogadores fizeram boa temporada como Srna, Lovren e Jelavic, surgindo como boas peças para seus clubes. O craque do time é Luka Modric, que no começo da temporada passada quase foi parar no Chelsea em uma transferência que girava em torno dos 40 milhões de libras, e a imprensa britânica diz que ele pode acertar com o Manchester United por 25 milhões de libras, já nesta janela de transferências.

Palpites: Espanha 4x0 Itália
Croácia 2x0 Irlanda

Fontes das fotos: independent.co.uk¹, espnfc.com², zimbio.com³.

Análise: Grupo B - Euro 2012


Ontem, houve a primeira zebra da Euro 2012. A Dinamarca, campeã da competição em 1992, venceu a Holanda, vencedora da Euro em 1988 e atual vice-campeã mundial, por 1 a 0, em Kharkiv. Eu apostei em 1 a 1, já acreditando em uma zebra, mas não acreditava mesmo nesta vitória. 

Krohn-Dehli comemora o gol da vitória da Dinamarca sobre a Holanda (sportige.com)
Assista ao gol da vitória.
O jogo foi dominado pela Holanda, mas quando a Dinamarca chegou, resolveu o jogo. Em boa jogada individual dentro da área, Krohn-Dehli driblou, com apenas um toque, dois marcadores e chutou entre as pernas de Stekelenburg. A Holanda mesmo com Van Persie, Sneijder, Robben, Afellay, e depois no decorrer do jogo, Huntelaar e Kuyt, não conseguiu chegar ao empate. Grande resultado para a Dinamarca.

Porém, não se esqueçam que a Suíca ganhou da Espanha na primeira rodada da Copa de 2010, que acabou com a Fúria campeã.

Na outra partida, jogão! Portugal e Alemanha proporcionaram um confronto aberto, em Lviv. O belo gol de Mario Gomez deu a vitória aos alemães. Cristiano Ronaldo e cia tentaram reverter o resultado, incluindo uma bola no travessão de Nani, mas não o conseguiram. 
Mario Gomez comemora seu gol contra Portugal (miseria.com.br)
Assista ao gol da vitória.

Na próxima rodada, Portugal enfrentará a zebra Dinamarca, quarta-feira em em Lviv. Já a Alemanha, fará o jogo mais aguardado da primeira fase da Euro contra a Holanda, também dia 13 em Kharkiv.


Grandes emoções e excelentes confrontos nos esperam neste grupo. 

Análise: Brasil 3x4 Argentina

Meu palpite foi 2 a 2, estava sendo otimista em vista dos últimos resultados. Por um momento, acreditei que daria. Mas, o futebol foi mais gentil conosco, e nos trouxe um jogo com três viradas. No fim, 4 a 3 pra Argentina.

Messi: o dono do jogo (trivela.com.br)
Mas, acho que foi um bom resultado para o Brasil. Por quê?

Primeiro, quando o Brasil estava ganhando por 3 a 2, Mano Menezes colocou praticamente todos os jogadores com idade olímpica. Aí, você me pergunta: "Mas, ele não pode testar esses jogadores em outra partida, como no jogo contra a Dinamarca, há duas semanas?" Não! Mano, ao meu ver, fez o correto. Deu experiência a jogadores que precisam para enfrentar as Olimpíadas.

Bruno Uvini teve péssima atuação (terra.com.br)
Ok. Isso foi bom. Agora por outro lado, a zaga do Brasil não joga nada. Já havia falado muito do Juan no post de ontem, mas o Bruno Uvini é muito ruim também. No primeiro gol, estava cada zagueiro em um canto da área, deixando Messi sozinho - tudo bem que contou com a falha do Sandro no meio; no segundo, Bruno Uvini demorou para perceber que Messi iria correr sozinho, e depois demorou para correr para tentar impedir o tento; No terceiro, ele não subiu para evitar a cabeçada de Fernandez; e no quarto, a culpa foi de Juan, que não colocou o pé na bola na hora do chute de Messi.

Thiago Silva graças a Deus será o zagueirão (diarioonline)
A melhor notícia do dia seguinte, foi a confirmação de Thiago Silva como zagueiro brasileiro nas Olimpíadas por Mano Menezes. Agora só falta ver quem será o companheiro de zaga dele. Eu arriscaria levar David Luiz e "gastar" dois dos três jogadores com mais de 23 anos, para garantir lá trás, pelo menos.

Outro jogador que mandou mal, mas não só no jogo de ontem como em todos desta "excursão" foi Leandro Damião. Não fez um único gol, e viu Hulk fazer três e até o desacreditado Alexandre Pato entrar e marcar um belo gol. Se liga, Damião!

Marcelo sorri; tem que ter cuidado para não
 nos fazer chorar depois (goal.com)
Oscar, apesar do gol, não justificou toda a especulação da imprensa sobre o seu jogo. Não mostrou, novamente, que é o 'Camisa 10 da seleção'.

Já que estou cornetando, Marcelo é muito infantil. Todo jogo ele arruma confusão. Jogou bem todos os jogos, mas precisa ter mais cabeça no lugar, senão será o Felipe Melo nas Olimpíadas.

E por que não, Neymar?! Pra mim, não fez uma boa partida. Fez o cruzamento para o primeiro gol, e só. Falta muito para ser o Neymar do Santos na seleção. Problema que Messi já teve, em não conseguir fazer na seleção argentina o que faz no Barcelona.

Neymar ainda não conseguiu mostrar seu talento (globoesporte.com)
Falando nele, decidiu o jogo. Lionel Messi vem de alguns jogos muito bons pela seleção. Parece que está começando contradizer tudo o que ele fez até hoje pela Argentina.

Resumindo: Messi é Messi. Não se brinca com o baixinho.

sábado, 9 de junho de 2012

Opinião: Brasil x Argentina

A seleção brasileira foi a New Jersey para tentar se recuperar do resultado inesperado frente ao México, por 2 a 0. Já a Argentina vem de três resultados positivos: 2 a 1, contra a Colômbia, fora de casa; 3 a 1, contra a Suíça, também fora de casa; e 4 a 0, contra o Equador, em casa. 
Neymar e Messi: o reencontro dos gênios (goal.com)

Há o que se esperar além do duelo Messi x Neymar? Sim.

Messi comemora o gol da vitória em 2010 (futebolportenho.com)
Eu, particularmente, quero ver como jogadores como Oscar, Leandro Damião, Lucas, e até mesmo Neymar, reagem contra uma seleção da Argentina completa - Aí, você vem reclamar: "Ah! O Brasil ganhou aquele duelinho armado em Belém", onde só poderiam jogar atletas que atuassem no país. Isto é, não se pode contar como uma vitóóóória contra a Argentina - incluindo Messi, Higuaín, Mascherano e Di Maria. Portanto, seria uma revanche daquela derrota brasileira em novembro de 2010, em que Messi marcou o gol da vitória no finalzinho do jogo ao levar toda a zaga e bater Victor.

Oscar tentará mostrar se pode ser
o '10' da seleção (estadao.com.br)
Voltando a falar de jogadores brasileiros, apesar de tudo o que a mídia vem falando de Oscar, não o considero um jogador deste tipo. Seu estilo de jogo não é de 'camisa 10', como estão dizendo. Nunca vi ele decidindo uma partida. Mas, é claro, que no futebol tudo pode acontecer, não duvido nada ele ser o nome do jogo de hoje, e assim, me calar. 

Outro jogador que não gosto é o zagueiro Juan. Na verdade, acho ele um perna-de-pau. Foi ele quem fez o pênalti bobo, que resultou no segundo gol do México, em Dallas. Desde os tempos de seleção de base, não demonstrou um futebol aceitável, sempre passando insegurança. Não consegue colocar uma bola no chão e tocar a bola, só dá chutões pro ataque. 

De resto, a seleção me agrada. 

Palpite: 

Brasil 2 x 2 Argentina

Relembre os melhores momentos do jogo de 2010 em Doha no Qatar:

sexta-feira, 8 de junho de 2012

Palpites: Grupo B - Rodada 1

Cristiano Ronaldo ¹
Amanhã, o grupo da morte ocorrerá o jogo mais aguardado da primeira rodada entre todos os grupos: Alemanha x Portugal. O jovem time alemão tenta melhorar o resultado alcançado na Copa na África do Sul em que chegou ao terceiro lugar. Além de figurinhas carimbadas como Podolski, Müller e Klose, conta com as jovens estrelas Mario Götze do Borussia Dortmund, Marco Reus que levou o Mönchengladbach à Champions após 35 anos, e foi contratado pelo Borussia Dortmund e André Schürrle do Bayer Leverkusen. Já o time português vai apostar na estrela Cristiano Ronaldo e no talento de Nani. O resto do time é bom, mas não é de se confiar. 
Mario Götze ²


Portugal vem de três partidas ruins. Dois empates em 0 a 0 contra a anfitriã Polônia fora de casa, e contra a fraca Macedônia em casa; e de uma derrota feia em casa contra a Turquia, na última semana. A Alemanha também não teve bons resultados durante sua preparação para a competição. Perdeu em casa para a França por 2 a 1; perdeu fora de casa, de maneira arrasadora, para a Suíça por 5 a 3; e venceu seu último confronto contra Israel por 2 a 1, na última semana. 

Christian Eriksen ³
O outro confronto da chave é entre seleções que também participaram da última Copa do Mundo. A Holanda, vice-campeã, tenta o bi da Euro apostando na mesma tática que utilizou no Mundial: Sneijder, que teve uma temporada ruim junto com a Inter de Milão e não repetiu o futebol de 2009/10; Robben, amargou a culpa da derrota da Champions League contra o Chelsea, em que desperdiçou um pênalti que daria a vitória ao Bayern, e depois, não cobrou nenhum na decisão de pênaltis;Van Persie, que fez excelente temporada pelo Arsenal, sagrando-se artilheiro da Premier League e melhor jogador do campeonato; e Kuyt, que após temporadas medianas com o Liverpool se transferiu para um mercado menor, indo para o Fenerbahçe da Turquia.
Robin Van Persie ¹
A Dinamarca aposta em jogadores de menor expressão como Christian Eriksen do Ajax, e Nicklas Bendtner, do Arsenal. O primeiro chamou a atenção de gigantes como o Manchester United na temporada passada, e o outro apesar de grande e desengonçado faz bastantes gols, como o solitário contra o Brasil, há duas semanas.

Das quatro equipes do grupo da morte, a Holanda é a que demonstrou estar melhor preparada. Começou perdendo para a Bulgária por 2 a 1, porém, em seguida venceu a Eslováquia por 2 a 0 e bateu a Irlanda do Norte por 6 a 0, todos os jogos em casa. Já a Dinamarca enfrentou a Rússia, em casa, e perdeu por 2 a 0; depois enfrentou o Brasil na Alemanha, e perdeu por 3 a 1; e venceu a Austrália por 2 a 0, fazendo a sua parte jogando frente a sua torcida, na semana passada.

Palpite: Alemanha 3 x 1 Portugal
Holanda 1 x 1 Dinamarca

Crédito fotos: Lancenet ¹, dfb.de ², bleacherreport.com ³
Loading...