sexta-feira, 8 de junho de 2012

Euro 2012: Impressões da primeira rodada

Começou a Eurocopa. Bela abertura, torcida fazendo um bonito espetáculo. Mas, e o futebol? 

Tytóv defende o pênalti cobrado por Katsouranis (iTV.com)
No primeiro confronto, viu-se apenas partida estranha. O primeiro tempo foi um domínio polonês e o placar em 1 a 0 para os donos da casa. No segundo tempo, tudo se inverteu. Com a entrada de Salpingidis, a Grécia passou a comandar o jogo e empatou a partida. O mesmo Salpingidis, sofreu o pênalti que poderia dar o gol do jogo à Grécia. Porém, Karagounis desperdiçou ao rematar fraco no canto que o goleiro Tytóv pulou. O reserva que entrou no lugar de Szczesny, expulso ao cometer o pênalti, estreava em partidas oficiais pela Polônia, e se tornou o primeiro grande personagem da Euro. O jogo continuou quente e Salpingidis que mudou o jogo fez mais um gol, só que desta vez impedido. E a partida ficou assim: 1 a 1 em Varsóvia.

O grande nome da partida Dzagoev comemora gol na vitória russa
No outro duelo do grupo A, Rússia e República Tcheca se enfrentaram no duelo das seleções que já foram campeãs representando países não mais existentes, União Soviética em 1960 e Tchecoslováquia em 1976, respectivamente. O jogo refletiu exatamente a força das seleções: vitória esmagadora dos russos por 4 a 1. Os tchecos têm um único ídolo: o campeão europeu Petr Cech. Os outros ídolos de uma grande geração que está perto do fim, Tomas Rosicky e Milan Baros, não conseguiram demonstrar um futebol convincente. Do outro lado, o atuação coletiva dos semifinalistas da última edição da Euro deram frutos. O bom jogo de Dzagoev, que marcou dois gols, juntamente com o maestro Arshavin deram o resultado esperado. Até mesmo Pavlyuchenko que estava tendo boas temporadas no Tottenham e agora no Lokomotiv Moscou fez o gol último gol do confronto em uma bela jogada individual.

Zagorakis levanta a taça em 2004; a Grécia tenta o bi (uefa.com)
Após os resultados de hoje a impressão que fica é que a Polônia não é tão forte quanto pensava-se antes da competição, e também que a Grécia não veio à Polônia apenas para conhecer Auschwitz, e pode surpreender na luta pelo bi. O que se confirmou mesmo é que a República Tcheca não tem time pra sequer passar a primeira fase. A Rússia agora surge como favorita ao primeiro posto no grupo. 

Palpites para a segunda rodada:

Grécia 1 x 0 República Tcheca
Polônia 2 x 2 Rússia

Crônica do site da UEFA - Polônia x Rússia
Crônica do site da UEFA - Rússia x Rep. Tcheca

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Loading...